Vem, a gente te conta tudo.

Resumo, escritor, editora, ano? Aqui tem :)
Ah, tem a opinião dos outros trocadores também.

Drauzio Varella
297 páginas
Ano 1999
{{book.forTrade}} {{book.forTrade===1? 'Livro disponível': 'Livros disponíveis'}} para troca
Sem troca disponível =(
Avisaremos quando disponível!

Resumo

Com mais de 7200 presos, a Casa de Detenção de São Paulo é o maior presídio do país. Está situada no bairro do Carandiru, a dez minutos da praça da Sé, marco zero da cidade. Construída na década de 20, é um conjunto arquitetônico formado por sete pavilhões, cada um com cinco andares. Neles há corredores que chegam a cem metros de comprimento. Os presos passam o dia soltos e são trancados à noite. Só o pavilhão Cinco abriga 1700 prisioneiros, mais de seis vezes a população carcerária do presídio americano de Alcatraz, desativado nos anos 60. Em 1989, o médico Drauzio Varella iniciou na Detenção um trabalho voluntário de prevenção à AIDS. Seu relato neste livro tem as tonalidades da experiência pessoal: não busca denunciar um sistema prisional antiquado e desumano; expressa uma disposição para tratar com as pessoas caso a caso, mesmo em condições nada propícias à manifestação das individualidades. Na cidadela do Carandiru, Drauzio conheceu pessoas como Mário Cachorro, Roberto Carlos, Sem-Chance, seu Jeremias, Alfinete, Filósofo, Loreta e seu Luís. Não importa a pena a que tenham sido condenados, todos seguem um rígido código penal não escrito, criado pela própria população carcerária. Contrariá-lo pode equivaler à morte. fala dessas pessoas, das formas que encontram de viver. 

Mais informações

ISBN 10: 8571648972

ISBN 13: -

Editora: Companhia Das Letras

Edição: -

Ano: 1999

Páginas: 297

Seu comentário aguarda a moderação
Carregando imagens...
Não encontrou a capa correta na lista?
Informe o link de uma imagem que buscaremos para você.
Usuário não encontrado
Senha incorreta

ihh, ainda não faz parte do time?
Crie sua conta